PARA LEVAR NA MALA #1

“Sem trabalho, toda vida apodrece, mas quando o trabalho é desprovido de alma, a vida sufoca e morre.” Albert Camus

Há alguns anos, troquei a certeza de um emprego fixo pela chance de buscar algo que realmente me motivasse. Sempre me angustiou muito a idéia de fazer a mesma coisa pelo resto da vida, de me dedicar a uma coisa somente durante toda a vida.

Hoje as coisas estão mudando, muito se questiona o modelo tradicional de trabalho. Até participei junto com a Lupa Códigos Culturais na elaboração de um trend report sobre esse tema.

Porém, “no meu tempo”, escolher significava para vida inteira, ou pelo menos, eu fui levada a pensar assim. Com muito esforço fui vendo que não existe uma fórmula para todo mundo, cada um funciona de uma maneira e está tudo bem.

E um dos livros que me ajudou muito foi o do sociólogo e escritor Roman Krznaric, “How to find a fulfilling work” ou “Como encontrar o trabalho da sua vida”. Roman recorre à história das relações de trabalho, à sociologia, psicologia e filosofia, e escreve um guia prático e inovador para nos ajudar a seguir um rumo nesse labirinto de opções, superar o medo da mudança e encontrar uma carreira com sentido e propósito.

Segundo o autor, a ânsia por ter um trabalho realizador, que proporcione sentido verdadeiro, é coisa do mundo moderno. Durante muito tempo a humanidade estava tão focada em sobreviver que não tinha tempo para se preocupar se seu trabalho fazia sentido ou não, se seus talentos estavam sendo aplicados ou não.

Entramos em uma nova era em que a realização individual e a busca por propósito virou tema principal. Além disso, o número de possibilidades de escolha de carreira é enorme, o que torna as escolhas profissionais muito mais complexas.

Nesse contexto, o livro oferece algumas técnicas, exemplos, conceitos e questionamentos que podem ajudar na reflexão, e com isso facilitar o caminho em direção a melhores escolhas de carreira.

Um dos tópicos abordados são os cincos aspectos que pode tornar o trabalho significativo: ganhar dinheiro, alcançar status, fazer a diferença, seguir nossas paixões e usar nosso talento e ele questiona qual destas motivações deveria ser a principal orientação nas escolhas profissionais. Explorando cada motivação descobrirá seus desafios individuais e tensões existente entre elas.

O autor traz diversos questionamentos sobre qual o verdadeiro sentido que buscamos em nosso trabalho, sobre diferenças entre ser especialista ou generalista e que você deve escolher o melhor para você. E o quê seu trabalho atual está fazendo com você como pessoa, sua mente, seu caráter e seus relacionamentos, já que o ser humano é muito influenciado pelo meio em que vive.

E destaca três elementos que podem tornar o trabalho mais realizador, são eles:

  1. Sentido – Qual o verdadeiro sentido do nosso trabalho? Ganhar dinheiro? Alcançar status? Fazer a diferença no mundo?
  2. Fluxo – Sentimos prazer no que fazemos? Gostamos tanto do que fazemos que  o tempo passa sem percebermos? Aqui ele aborda a Teoria do Fluxo ou Estado de Flow do psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi (para ler mais)
  3. Liberdade – Nosso trabalho nos permite ter flexibilidade para organizar nossa vida de forma equilibrada?

Há algum tempo Roman esteve no Brasil para algumas palestras sobre Empatia, outro tema de grande importância atualmente, além de divulgar seu outro livro A Arte de Viver que escreverei em próximo post.  Ele deu uma entrevista ao site Don´t touch my moleskine. Para ler, clique aqui.

~ PARA LEVAR NA MALA EM UMA VIAGEM DE AUTOCONHECIMENTO! ~

Este livro faz parte de uma série da The School of Life que reflete sobre grandes questões da vida, como dinheiro, sanidade, trabalho, tecnologia, desejo de mudar o mundo para melhor entre outros recém lançados, realizados por algumas das mentes mais proeminentes da área. Oferecem lições de vida essenciais e ajudam a lidar com algumas das questões mais importantes da vida. Já tem tradução para o português. (link)
Como já comentei aqui antes, a The School of Life foi fundada pelo filósofo e escritor Alain de Botton em 2008, e se dedica a destilar grandes pensamentos de todas as épocas para enriquecer o cotidiano dos alunos. Apresenta uma variedade de ideias – de filosofia a literatura, de psicologia a artes visuais – que estimulam, provocam, nutrem e consolam. Oferece aulas, workshops e outros programas que lidam com questões sobre satisfação pessoal e como levar uma vida melhor. Já existe no Brasil, no Rio e em São Paulo.
Foto de capa: site School of Life

1 Comment

  • 3 anos ago

    Yo, that’s what’s up trlfuthuly.

Leave A Comment

Related Posts